Antonio Candido: a obra completa de um mestre da literatura brasileira.

Todavia inicia projeto de reedição da obra completa de Antonio Candido

A editora Todavia iniciou um projeto de reedição da obra completa do escritor e crítico literário Antonio Candido. O objetivo é publicar 17 volumes até o ano que vem, abrangendo toda a trajetória do autor nos campos da cultura e da política. Candido é considerado um dos grandes intérpretes do Brasil ao lado de Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda e Caio Prado Jr.

Entre os primeiros livros desta nova edição estão “Formação da Literatura Brasileira — Momentos Decisivos”, “Os Parceiros do Rio Bonito”, “Literatura e Sociedade”, “Iniciação à Literatura Brasileira” e “O Discurso e a Cidade”. Estes livros trazem o centro do pensamento de Candido que nunca caiu em exibicionismos teóricos, sempre se agarrando à leitura das obras e da sociedade.

O autor criou um método ancorado no pensamento social e na “close reading”. As obras literárias deixam de ser meras ilustrações das ideias sociológicas ou historiográficas, como a interpretação de Machado de Assis por Raymundo Faoro. Antonio Candido fugiu da onda de enquadrar a literatura como algo isolado do mundo, optando por seguir um caminho diferente dos estruturalismos e pela desconstrução.

Para Candido, a escrita e a forma literária são fundamentais para encontrar o sentido de um romance, poema ou peça teatral. Seu ensaio “Dialética da malandragem” desvendou a estrutura formal de “Memórias de um Sargento de milícias”, do Manuel Antônio de Almeida, e mostrou os personagens populares agregados do século XIX se equilibrando entre “ordem” e “desordem”.

Antonio Candido foi um inovador na questão histórica fundamental: com o sistema literário consolidado, o Brasil atingiu um certo padrão civilizatório por meio da cultura antes mesmo de ter uma sociedade moderna em termos sociais e políticos. Candido estudou Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP), convivendo com grandes nomes da época como Claude Lévi-Strauss, Fernand Braudel, Roger Bastide e Jean Maugüé. Ele tornou-se um dos críticos mais influentes do país.

Infelizmente, por conta de suas ideias polêmicas, Candido sofreu críticas de outros críticos, que perduram até hoje. No entanto, para leitores e leitoras que buscam uma visão própria do autor, esta reedição da obra completa é uma excelente opção para entender o pensamento único e original de Antonio Candido.

O legado de Antonio Candido

Antonio Candido pode ser visto como mestre dos mestres, um pensador que propõe uma linha diferente de pensar a literatura brasileira. Em seu livro “Formação da Literatura Brasileira”, por exemplo, ele mostra como se constituiu o sistema literário no país ao identificar obras, autores, leitores e tradições. Segundo sua visão, o Brasil atingiu um sistema consolidado apenas com Machado de Assis, que foi o ponto culminante do livro. Candido mostra como Machado conseguiu absorver a influência do passado assimilando ainda a escrita de autores de outros países e fugindo da literatura nacionalista dos românticos.

Um ponto interessante abordado pelo autor é a questão enfrentada por sociedades como a russa e irlandesa, onde saíram escritores extraordinários em nações com problemas coloniais e sociais como a servidão humana.

Para Candido, a escrita e a forma literária são fundamentais para encontrar o sentido de um romance, poema ou peça teatral. Seu ensaio “Dialética da malandragem” desvendou a estrutura formal de “Memórias de um Sargento de milícias”, do Manuel Antônio de Almeida, e mostrou os personagens populares agregados do século XIX se equilibrando entre “ordem” e “desordem”.

Antonio Candido deixou um legado importante para a crítica literária brasileira. Sua obra completa reeditada pela Todavia é uma oportunidade única para mergulhar na visão singular deste pensador e escritor.

O que? Projeto de reedição da obra completa de Antonio Candido
Quantos livros? 17 volumes
Prazo? Até o ano que vem
Conteúdo dos primeiros livros? “Formação da Literatura Brasileira — Momentos Decisivos”, “Os Parceiros do Rio Bonito”, “Literatura e Sociedade”, “Iniciação à Literatura Brasileira” e “O Discurso e a Cidade”
Por que ler? Oportunidade de ler ou reler as obras de um dos maiores escritores brasileiros do século XX e entender o pensamento único e original de Antonio Candido

Descoberta nova espécie de dinossauro em Minas Gerais

Com informações do site G1

Katia Rangel Katia Rangel

erente de projetos do portal. Graduada em Letras, tem como missão cuidar da parte técnica do site e garantir que tudo esteja sempre funcionando perfeitamente. Graduada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Katia Rangel é a gerente de projetos do portal Bienaldolivrojf.com.br.

Deixe um comentário